terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Resfriamento Global: Vários países da Europa sofrem com o Frio

O frio intenso que se abate sobre a Europa vem fazendo vitimas em vários países.



— Polônia — até a última segunda-feira, autoridades haviam contabilizado dez mortes em razão do frio no fim de semana. Ao todo, foram 22 mortes em janeiro, 19 em dezembro e sete em novembro no país. Nos últimos dias a temperatura vem registrando -27°C. As vítimas do frio são, normalmente, pessoas desabrigadas, ou que abusaram do álcool e pessoas idosas.

— Bulgária — as temperaturas desceram até -24°C e a imprensa noticiou a morte de cinco pessoas durante tempestades de neve na semana passada, a maioria eram idosos que se perderam em uma estrada. 

— Romênia — quatro pessoas morreram desde domingo em razão da onda de frio que atinge o país há alguns dias, o que elevou a seis o registro de mortos desde quinta-feira em decorrência das temperaturas muito baixas.

— Sérvia — três pessoas morreram no sábado e no domingo no oeste do país por causa da neve, que também atrapalhou o tráfego no sul, informou nesta segunda-feira a agência de notícias Tanjug. 

— Macedônia — um homem de 63 anos morreu de hipotermia na região de Mariovo, no sudoeste do país, anunciou a polícia macedônia.

— Lituânia — a polícia anunciou a morte de três pessoas, entre as vítimas está uma mulher de 91 anos e um homem de 78 anos. 

— República Tcheca — um homem de 26 anos foi encontrado morto em um campo perto da cidade de Opava, no leste do país. 

— Eslováquia — um homem de 63 anos foi encontrado morto nesta segunda em frente a sua casa na cidade de Sunava (norte).




Resfriamento Global: 30 mortes em 5 dias na Ucrânia



O calor chegou ao nosso estado, mas no verão nada mais normal que o calor.
Os alarmistas e vampiros ambientais adoram o calor, pois nele se sustentam os pedidos de verba para o combate ao suposto aquecimento global.

Enquanto isso no Leste europeu o frio bate recordes negativos a cada inverno, a onda de frio histórica que se abate sobre a Ucrânia já matou 30 pessoas.




A onda de frio que atinge o leste europeu já provocou em torno de 30 mortes nos últimos cinco dias na Ucrânia. Dessas, 12 ocorreram nas últimas 24 horas. A informação é do ministério de Situações de Emergência.
Segundo autoridades locais, 630 pessoas pediram ajuda médica em consequência de problemas provocados pelo frio. Mais de 540 foram hospitalizadas desde sexta-feira.
A temperatura deve chegar a -30°C em algumas regiões da Ucrânia nos próximos dias, informou o serviço meteorológico.   (fonte : ZH)

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Vazamento de óleo em Tramandaí: Começam a aparecer animais mortos




— Avistamos os animais mortos quando a mancha se dirigia à areia, no fim da tarde de ontem. Identificamos peixes, siris e até uma tartaruga — disse o tenente Reinaldo Ferreira de Araújo, responsável pelo policiamento ambiental em 11 municípios da região.
Os animais foram levado para o Centro de Estudos Costeiros, Limnológicos e Marinhos (Ceclimar) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, situado em Imbé. Biólogos vão investigar sobre a possível contaminação. ( Site ZH )
O CECLIMAR vai investigar POSSÍVEL contaminação, ta bem então.
Andei em Tramandaí hoje e não ví nenhum protesto dos vampiros ambientais, mas na semana passada eu estava na pinheira/SC e vi em um camping 3 motorhome com placas dos EUA e vários patrocínios estampados na lataria do mesmo, inclusive do governo. Cheio de pinturas Carbono zero, contra o aquecimento Global, etc... esses chavões de sempre. Na pinheira em janeiro é fácil....

Imagens do ponto onde ocorreu o vazamento de Óleo em Tramandai

 Entenda melhor o acidente:

A monobóia da Transpetro fica a 6 km de distancia da orla de tramandai, o navio de origem grega foi descarregar, deixando vazar o produto. Segundo a Transpetro vazaram 1,2 mil litros de óleo.




Óleo chega a Capão da Canoa

Segundo relatos o cheiro do óleo e algumas manchas já chegaram a Capão da Canoa nesta manhã.

Veja no Site da ZH:

O forte cheiro e até pequenas manchas de óleo foram constatadas por salva-vidas na praia de Capão da Canoa. Veranistas que caminhavam à beira-mar, na manhã desta sexta-feira, também sentiram o odor anormal na orla.

— Estamos orientando as pessoas que evitem entrar na água. Sentimos um cheiro forte quando chegamos, às 8h20min, e agora (9h40min) constatei as manchas dentro do mar — disse o salva-vidas José Alex Antunes, da guarita 75.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Tramandaí: Imagens da mancha de óleo em alto mar






Enquanto só se fala em aquecimento global, acidentes como estes continuam acontecendo. Onde estão as ong's e entidades de defesa do meio ambiente para protestar? Exigir punição dos culpados? Só aparecem nas boas.

Ponto onde ocorreu o vazamento de óleo em Tramandaí

A marca vermelha escura representa a monoboia de Tramandaí, onde aconteceu o vazamento:


Vazamento de óleo em Tramandaí: Nota oficial da Transpetro



Hoje a tarde a Transpetro divulgou essa nota oficial, ainda muito vaga para dar noção do tamanho do desastre.


A Transpetro divulgou às 15h50min a seguinte nota oficial: 


"A Transpetro informa que na manhã desta quinta-feira, 26, foi detectado um vazamento de óleo na monoboia do Terminal de Osório, em Tramandaí (RS), durante operação de descarregamento de um navio. Imediatamente, equipes de contingência da Transpetro e o Centro de Defesa Ambiental (CDA) foram acionados para iniciar os trabalhos de contenção e remoção do produto. 

Os órgãos ambientais, a Agência Nacional do Petróleo (ANP) e a Capitania dos Portos foram comunicados. As causas do incidente estão sendo investigadas pela Companhia. Ainda não foi possível quantificar o volume de óleo derramado.
"



O comandante do Pelotão Ambiental de Tramandaí, tenente Reinaldo Araújo, informou por volta das 17h desta quinta-feira que o vazamento de óleo na região de Tramandaí, no Litoral Norte, é de grandes proporções. Apesar do movimento baixo na praia em razão do mau tempo, ele alertou para que banhistas não entrem na água. 

Mancha de óleo no mar em Tramandaí







Infelizmente durante operação da Transpetro ocorreu um vazamento de óleo que veio a deixar esta triste imagem na Praia de Tramandaí hoje a tarde.

óleo que vazou durante uma operação de rotina de transbordo na monoboia 602 da Transpetro já invadia a praia de Tramandaí no fim tarde desta quinta-feira. A mancha teria cerca de um quilômetro quadrado, de acordo com o biólogo e analista ambiental Kuriakin Toscan, do Ibama. Seria um pouco maior do que uma quadra de futsal. 

Ele sobrevoou o local e verificou a extensão do derramamento, que ocorreu a seis quilômetros da orla. O vazamento já teria sido contido, segundo Kuriakin.

— O volume, ainda não se sabe, e o tamanho pode variar conforme o vento — disse o analista.

A Transpetro arma uma operação para conter o óleo na beira do mar. A Brigada Militar orientou banhistas para que deixassem a orla

— Mesmo em áreas mais distantes da plataforma, os banhistas devem evitar entrar no mar, pelo menos até que tenhamos maiores informações — alertou o comandante do Pelotão Ambiental de Tramandaí, tenente Reinaldo Araújo.

O professor de Educação Física Ricardo Medeiros, 44 anos, percebeu alteração na rotina da praia enquanto pescava na plataforma.

— É a primeira vez que vejo algo assim. Me assustei com o tamanho que a mancha atingiu. Estamos em época de veraneio e há também a questão ecológica — disse o professor — Sabia que algo tinha ocorrido por que senti o forte cheiro de diesel — concluiu.

A mesma impressão teve a jornalista Camila Rocha, 34 anos, que veraneia na altura da guarita 143 em Tramandaí. 

— Tivemos de fechar a casa, é muito forte o cheiro. Parece veneno. Estamos a uma quadra do mar — disse Camila — O mar aqui nunca é muito bonito, mas de longe já dá a impressão que a água está mais escura. As ondas também estão quebrando mais pesadas, parece que engrossou a água — relatou.  

Por volta das 17h30min, as ondas já quebravam com aparência escura na beira da praia na altura da guarita 146. Salva-vidas passaram orientações para quem circulava na região e a maior parte das pessoas deixaram a faixa de areia. 

Mancha no mar:
O vazamento de óleo em uma monoboia da Transpetro, em Tramandaí, teria ocorrido durante a manhã desta quinta-feira. O Ibama foi acionado para avaliar a dimensão do problema. 

Não há detalhamento sobre a extensão, tipo de material que vazou nem as causas. O acidente ocorreu na monoboia de número 602, que é a mais distante do Litoral, localizada a seis quilômetros da orla. 

Segundo o Ibama, há previsão de multa para o vazamento de óleo, mas o valor será definido conforme a gravidade. 

A Transpetro divulgou às 15h50min a seguinte nota oficial: 

"A Transpetro informa que na manhã desta quinta-feira, 26, foi detectado um vazamento de óleo na monoboia do Terminal de Osório, em Tramandaí (RS), durante operação de descarregamento de um navio. Imediatamente, equipes de contingência da Transpetro e o Centro de Defesa Ambiental (CDA) foram acionados para iniciar os trabalhos de contenção e remoção do produto. 

Os órgãos ambientais, a Agência Nacional do Petróleo (ANP) e a Capitania dos Portos foram comunicados. As causas do incidente estão sendo investigadas pela Companhia. Ainda não foi possível quantificar o volume de óleo derramado.
"

Pescadores em alerta:

A Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) comunicou o vazamento à Superintendência do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), em Porto Alegre. 

Segundo o diretor de Pesca e Aquicultura da SDR, Ederson Silva, além da exploração do turismo na região de Tramandaí, existem mais de 3.500 pescadores no Litoral Norte. Deste total, mil dependem da pesca na orla marítima.

A SDR informou que pretende dar apoio e atenção às famílias de pescadores caso venham a ter prejuízos com o vazamento.



Em amarelo: Fonte ZH



segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Férias na Pinheira/SC

Estou acampando na Praia da Pinheira em Santa Catarina, lugar de natureza exuberante, quero compartilhar com os amigos algumas imagens.





terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Aquecimento Global e o Verão 2011/2012



Infelizmente para quem está de férias na praia só tivemos uma semana de verão, com temperaturas que convidaram a uma visita ao mar.

Fora isso: frio, muita chuva e vento gelado, ora de sul , ora de nordeste, aliás a alguns anos que não temos 3 meses de verão no Rio Grande do Sul, quente mesmo foi aquele fevereiro de 2010:
Veja:
http://betoorcy.blogspot.com/2010/02/o-desmaio-do-batista-ao-vivo.html

De resto, frio e vento.

No feriado de ano novo fez frio digno de  julho aqui no litoral norte, estamos em janeiro e ainda se registra sensação térmica em torno de 4°C na serra gaucha.

Porto Alegre hoje pela manhã


Zero Hora de hoje:


Temperatura mínima chega a 6,8ºC na Serra e máxima deve passar de 30ºC nesta terça no RS


Uma massa de ar frio fez a temperatura mínima chegar a 6,8ºC em Vacaria, na Serra, com sensação térmica de 4,3ºC segundo a Somar. Em Porto Alegre, o amanhecer teve mínima de 17,2ºC e forte nevoeiro, que afetou voos no aeroporto Salgado Filho.

As rajadas de vento chegaram a 40km/h no Litoral Norte durante a madrugada e estavam em torno de 20km/h no começo da manhã. 

Claro que ainda vai aquecer, pois estamos no verão, quando isso acontecer, não vão faltar frases como:
- O planeta está aquecendo, nunca vi tanto calor;
- O CO2 está fazendo com que o clima mude;