domingo, 26 de agosto de 2012

Morre Neil Armstrong



Eu não poderia deixar de registrar algumas palavras sobre Neil Armstrong nesse dia. Em minha opinião, um dos  homens mais corajosos da história da humanidade, colocando sua vida em risco em uma aventura fascinante. Viajar a Lua, em plena década de 60, sem garantias da volta em segurança, pois os cálculos todos foram feitos nos precários computadores da época simulando situações que na realidade poderiam ser diferentes em ambiente real.


Primeiro homem a pisar na Lua, em 20 de julho de 1969, o astronauta americano Neil Armstrong morreu neste sábado, aos 82 anos.
Armstrong foi vítima de complicações após uma cirurgia cardíaca realizada no início de agosto para desobstruir as artérias coronárias. Lembrado como "um herói americano", sua família destacou que ele "serviu a Nação com orgulho, como piloto da Marinha, piloto de provas e astronauta".
Junto ao astronauta Buzz Aldrin a bordo da nave Apollo 11, Armstrong se tornou o primeiro homem a pisar na Lua, sob o olhar de milhões de telespectadores. Suas palavras "É um pequeno passo para o homem e um salto gigante para a humanidade" entraram para a história.
Como comandante da missão Apollo 11, Armstrong foi o encarregado de informar ao centro de controle de Houston (Texas) o pouso do módulo lunar (LEM) pilotado por Buzz Aldrin: "Houston, aqui a base da Tranquilidade. A águia pousou".

Depois da Viagem viveu longe da Mídia
Herói global após seu feito histórico, Armstrong evitava os microfones e as câmeras, e viveu durante os últimos 33 anos longe do público, ao lado de sua segunda mulher em uma fazenda em Ohio.
— Pensava ser de 90% a possibilidade de voltarmos sãos e salvos à Terra após este voo (Apollo 11), e de apenas 50% a possibilidade de pousarmos na Lua nesta primeira tentativa — revelou o astronauta recentemente.
Armstrong andou e saltou sobre a superfície da Lua, seguido por Aldrin cerca de 20 minutos depois. Ambos exploraram a zona do pouso por duas horas e meia, onde recolheram 21 quilos de rochas, tiraram fotos e fincaram uma bandeira dos Estados Unidos.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Pulmão artificial: Funcionamento do Diafragma

Ensinar o processo do mecanismo da inspiração e expiração é complicado, pois os alunos de 7ª série tem dificuldade em compreender que esse movimento se dá através da contração e relaxamento do diafragma.

Então, solicitei aos alunos que fizessem um diaframa com material alternativo para melhor visualização do processo.

Os resultados foram estes:










O trabalho foi feito com os alunos da 7ª série da Escola Riachuelo em Capão da Canoa.

Montagem de artrópodes com material alternativo

Minha colega Gisele Daut, trabalha com ciências, vizinha sala de aula, teve esta bela ideia de solicitar aos alunos que montassem artrópodes, além de envolve-los no trabalho, facilita a visualização das partes do corpo. Belo trabalho.






quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Tabela Periódica em sala de aula

Ao ensinar tabela periódica aos meus aluno pensei: uma das melhores maneiras de aprender algo é tendo contado direto  e intimo com o objeto de estudo, logo após passar a teoria, pedi a eles que construíssem uma tabela em tamanho menor. Deixei-os livres para criar o método que iriam cumprir a tarefa. Neste momento estão executando o trabalho.

O trabalho está sendo feito com os alunos da 8ª série da Escola Divina Providência em Capão da Canoa.







O resultado final publicarei no próximo post.
 

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Destilação na Escola

Para explicar as mudanças de estados físicos nada melhor que mostrar a destilação aos alunos.

Após a explicação de todo o processo e as mudanças de estados físicos envolvidas, pedi a eles que fizessem um destilador com material alternativo.

Feito isso fomos ao laboratório da escola para que eles demonstrassem os resultados.

A pratica foi feita no  Instituto de Educação Divina Providência em Capão da Canoa, com os alunos da 8ª série.

Os resultados foram esses:








segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Robô Curiosity aterrissou em Marte


A Nasa (agência espacial americana) confirmou o sucesso da missão mais ousada da história da exploração não tripulada em outros planetas. O jipe-robô Curiosity aterrissou com segurança na superfície de Marte, após uma sequência inédita de manobras, na madrugada desta segunda-feira. 
A Nasa recebeu o primeiro sinal do Curiosity logo após a entrada na atmosfera do planeta, um processo que foi descrito como "sete minutos de terror". Um coro de aplausos ecoou no Laboratório de Propulsão a Jato da agência logo após a confirmação de que o equipamento teve êxito na aterrissagem.
— Aterrissagem confirmada — disse o engenheiro Allen Chen, por volta das 2h40min. — Estamos seguros em Marte — completou.
Minutos depois, o Curiosity já enviou as primeiras fotografias, em preto e branco, que mostram a superfície do planeta e também o reflexo das rodas do equipamento.
Veja as primeiras fotos da Missão:
Montagem da Nasa mostra o trabalho da Sonda-robô Curiosity em Marte
Fonte: ZH