Postagens

GRANDE METEORO REGISTRADO NO RS E SC

Imagem
Um superbólido é um meteoro super luminoso, que brilha mais intensamente que a Lua cheia. No caso desse registrado no Rio Grande do Sul, ele brilhou tanto que em algumas localidades, a noite “virou dia” por alguns instantes.
Site Clima ao vivo: https://www.climaaovivo.com.br/
Site BRAMOM: http://www.bramonmeteor.org/bramon/

#meteoronors#bólidonors#superbólido MOSTRAR MAIS






REDEMOINHO DE FOGO EM RIBEIRÃO PRETO

Imagem
Um "redemoinho de fogo" foi registrado na Vila do Golf, zona sul de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, nesta sexta-feira (18).



INDÍCIOS DE VIDA EM VÊNUS

Imagem

DESCOBERTA DE INDÍCIOS DE VIDA EM VÊNUS

Imagem
Quem gosta de BIOLOGIA e ASTRONOMIA tem que ver esse vídeo.

QUEIMADAS NO PANTANAL

Imagem
A área queimada no Pantanal já passa de 2,3 milhões de hectares, sendo 1,2 milhão em Mato Grosso e mais de 1 milhão em Mato Grosso do Sul.

Essa área de mais de 2 milhões representa quase 10 vezes o tamanho das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro juntas.
O Pantanal é o bioma brasileiro mais afetado pelas queimadas proporcionalmente, mas em Mato Grosso os incêndios estão espalhados por todo o estado.

CAÇADORES DISPUTAM METEORITOS/SANTA FILOMENA/PE

Imagem
Primeiro, uma chuva de meteoritos caiu em Santa Filomena (PE), no dia 19 de agosto. Agora, a pequena cidade do sertão vê brotarem pesquisadores e "caçadores de meteoritos" do Brasil e de outros países.
Junto dos moradores, eles vasculham terrenos e mata em busca das pedras. A única pousada da cidade, que funciona junto de posto de gasolina, virou "centro comercial", onde meteoritos maiores podem valer mais de R$ 100 mil.

#meteorosantafilomena#meteorito40quilos#meteoritoquarentaquilos


LAURA, UM MONSTRO DE CATEGORIA 4

Imagem
O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigla em inglês) classificou o furacão Laura, que se aproxima dos Estados do Texas, da Louisiana e do Arkansas nas próximas horas, como "impossível de sobreviver". A tormenta atingirá a costa do Golfo do México na mesma semana em que a tragédia do furacão Katrina, que devastou Nova Orleans e deixou 1,8 mil mortos, completa 15 anos. Na quarta-feira, (26), as autoridades atualizaram a classificação do furacão para a categoria 4, a segunda mais forte da escala.