domingo, 26 de agosto de 2012

Morre Neil Armstrong



Eu não poderia deixar de registrar algumas palavras sobre Neil Armstrong nesse dia. Em minha opinião, um dos  homens mais corajosos da história da humanidade, colocando sua vida em risco em uma aventura fascinante. Viajar a Lua, em plena década de 60, sem garantias da volta em segurança, pois os cálculos todos foram feitos nos precários computadores da época simulando situações que na realidade poderiam ser diferentes em ambiente real.


Primeiro homem a pisar na Lua, em 20 de julho de 1969, o astronauta americano Neil Armstrong morreu neste sábado, aos 82 anos.
Armstrong foi vítima de complicações após uma cirurgia cardíaca realizada no início de agosto para desobstruir as artérias coronárias. Lembrado como "um herói americano", sua família destacou que ele "serviu a Nação com orgulho, como piloto da Marinha, piloto de provas e astronauta".
Junto ao astronauta Buzz Aldrin a bordo da nave Apollo 11, Armstrong se tornou o primeiro homem a pisar na Lua, sob o olhar de milhões de telespectadores. Suas palavras "É um pequeno passo para o homem e um salto gigante para a humanidade" entraram para a história.
Como comandante da missão Apollo 11, Armstrong foi o encarregado de informar ao centro de controle de Houston (Texas) o pouso do módulo lunar (LEM) pilotado por Buzz Aldrin: "Houston, aqui a base da Tranquilidade. A águia pousou".

Depois da Viagem viveu longe da Mídia
Herói global após seu feito histórico, Armstrong evitava os microfones e as câmeras, e viveu durante os últimos 33 anos longe do público, ao lado de sua segunda mulher em uma fazenda em Ohio.
— Pensava ser de 90% a possibilidade de voltarmos sãos e salvos à Terra após este voo (Apollo 11), e de apenas 50% a possibilidade de pousarmos na Lua nesta primeira tentativa — revelou o astronauta recentemente.
Armstrong andou e saltou sobre a superfície da Lua, seguido por Aldrin cerca de 20 minutos depois. Ambos exploraram a zona do pouso por duas horas e meia, onde recolheram 21 quilos de rochas, tiraram fotos e fincaram uma bandeira dos Estados Unidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário