sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Meteoro cai na Rússia



Um meteoro de peso estimado em 10 toneladas ingressou na atmosfera terrestre a uma velocidade hipersônica de 54 mil quilômetros por hora na manhã de hoje, segundo a Academia Russa de Ciências. O objeto estilhaçou-se quando estava a entre 30 km e 50 km da superfície da Terra. A energia liberada foi de "vários quilotons", segundo a academia.

De acordo com o governo local, 985 pessoas procuraram cuidados médicos por cortes causados pelos estilhaços de vidro. Não há até o momento relatos de pessoas atingidas por fragmentos do meteorito. Das 985 pessoas feridas, 43 precisaram ser hospitalizadas, disse Marina Moskvicheva, secretária de saúde de Chelyabinsk.
As vítimas viviam em Chelyabinsk e em localidades próximas. A região situa-se a cerca de 1.500 quilômetros de Moscou. Os sistemas de comunicação móvel ficaram temporariamente fora do ar. O Ministério da Defesa da Rússia informou que enviou soldados para "locais de impacto", sem fornecer mais detalhes.

Mais de 3 mil imóveis sofreram algum tipo de dano. Escolas foram fechadas e apresentações de teatro canceladas na região após a onda de choque ter quebrado janelas. As temperaturas locais chegam a -18ºC. "Houve pânico. As pessoas não tinham ideia do que estava acontecendo. Todos começaram a verificar as casas ao redor para ver se estava tudo certo", disse Sergey Hametov, morador de Chelyabinsk, a maior cidade da região a ser afetada, que fica a cerca de 1.500 quilômetros a leste de Moscou. "Nós vimos uma grande explosão quando saímos para fora e ouvimos o som de um trovão muito forte", disse ele à Associated Press por telefone. Outro morador de Chelyabinsk, Valya Kazakov, disse que algumas idosas de seu bairro começaram a gritar que o mundo estava acabando.
Fonte: O Estadão

2 comentários: