Temporal atinge Porto Alegre - 01/10/2017

forte temporal que atingiu parte do Rio Grande do Sul entre a tarde e a noite de domingo (1) causou estragos em pelo menos 35 cidades, informou a Defesa Civil nesta segunda-feira (2). Em boletim emitido no final da tarde, o órgão contabilizou mais de 1,7 mil residências destelhadas. Houve registro de danos ainda em ginásios e escolas.
Duas pessoas morreram – um homem na ERS-122, entre Santo Augusto e Ijuí, no Noroeste do estado, uma mulher em Sapiranga, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Milhares de clientes ficaram sem energia elétrica.
Na noite desta segunda, havia cerca de 150 mil clientes sem luz no estado. Eram 60 mil na área atendida pela RGE, 80 mil na região da RGE Sul e 10 mil consumidores da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE).
Em Porto Alegre, a tempestade foi a pior desde 29 de janeiro de 2016, quando a cidade sofreu diversos estragos. Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a velocidade do vento na capital chegou a 116,3 km/h.
Residências foram destelhadas na região das ilhas, e famílias precisaram ser levadas para casa de parentes. Foram registrados também pontos de alagamento, além de 32 quedas de árvores e nove quedas de postes.
Veja imagens em nosso canal do youtube. Inscreva-se:



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A nova mansão do All Gore- Paga pelo aquecimento global

Terra Primitiva