sábado, 24 de outubro de 2009

Pesquisa-Americanos acreditam cada vez menos no Aquecimento Global


Com os invernos dos últimos 05 anos cada vez mais rigorosos nos EUA, também devido a falta de evidências sobre a influência do CO2 no aumento de temperatura, uma pesquisa feita entre 30 de setembro e 04 de Outubro revelou que aumentou muito o número de americanos que se tornaram céticos quanto a teoria do aquecimento global.

Também segundo essa teoria, o Aquecimento do planeta causaria grandes mudanças climáticas e não tem se observado nada de diferente em relação ao clima nos últimos anos, muito antes pelo contrário as estações estão bem definidas e até os famosos Twisters e furacões, que tem suas rotas passando pelo sul dos EUA e América central, não tem mostrado a cara, comparados a outros anos passados.
Tragédias climáticas, como enchentes, tornados, furacões, secas sempre aconteceram, claro que agora com a mídia muito mais avançada, acompanhamos on line esses fenômenos, portanto, aparentemente estão muito mais presentes.


Referencia: Os Simpsons, programa: " Diga, acredito no Aquecimento Global ou leve um soco"

Pesquisa publicada hoje no site Terra:

Americanos acreditam cada vez menos no aquecimento global

23 de outubro

Os americanos acreditam cada vez menos que o aquecimento global seja um problema grave e que existam provas concretas que o fenômeno está ocorrendo, revelou nessa quinta-feira uma pesquisa realizada pelo Centro Pew de Pesquisas.
A pesquisa indicou também que para grande parte dos americanos o tema da mudança climática não deveria ser uma prioridade para o governo, mesmo quando a maioria não se opõe a que se apliquem normas às emissões de gases poluentes.
O levantamento mostra que apenas 35% consideram que o aquecimento global e a mudança climática é um problema sério, 9% menos que em abril do ano passado. Já 57% acreditam que existem provas sólidas que a temperatura do planeta aumentou nas últimas décadas. Na mesma enquete do ano passado, 71% dos consultados assinalou que estavam convencido que o fenômeno estaria ocorrendo.
A enquete revelou que 36% manifestaram acreditar que o aumento das temperaturas seja resultado da atividade humana, 9% menos que no ano passado. No entanto, apesar do ceticismo que revela a enquete, o Centro Pew indicou que 50% estariam de acordo que se aplicasse uma política para limitar as emissões poluentes, enquanto 39% estariam contra uma medida desse tipo.
A pesquisa ouviu 1,5 mil americanos adultos entre 30 de setembro e o 4 de outubro desse ano.

EFE - Agência EFE -

Nenhum comentário:

Postar um comentário