quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Enchente em SP, delizamentos no RJ (de novo)


São Paulo novamente é palco de enchentes, provocadas pela falta de saneamento, falta de destino correto aos resíduos sólidos, sei que são problemas difíceis de resolver em uma cidade do tamanho de São Paulo, que tem muitos problemas, mas que possui arrecadação maior que muitos estados brasileiros. Ficar culpando o aquecimento Global e as mudanças climáticas, como a mídia está fazendo, pouco contribui para a solução.



Pelo menos 13 mortes foram contabilizadas pelo Corpo de Bombeiros na Grande São Paulo e interior do Estado por causa das chuvas que começaram a cair ainda na noite de segunda-feira. A madrugada de terça-feira foi caótica, com mais de 10 horas de chuva e 53 pontos de alagamento por conta do transbordamento de vários córregos e de trechos do rio Tietê.

No Rio, a falta de fiscalização no passado, fez com que as pessoas se pendurassem como bem entendessem nos morros, fato que além de crime ambiental é risco permanente para as pessoas que ali residem.

Os deslizamentos no Rio são notícia desde bem antes de se falar em aquecimento global ou mudanças climáticas, mas agora eles são os culpados pelos desastres.



Quem sofre é o povo mais pobre

Mais de 100 mortos nos delizamentos

Nenhum comentário:

Postar um comentário