terça-feira, 8 de setembro de 2009

Um Brinde...



Segundo pesquisa feita com 28.000 pacientes ( é uma bela amostragem ), o American Journal of Geriatric Psychiatry, publicou em sua edição de julho, que beber algumas doses diárias de álcool diariamente diminui muito o perigo de contrair doenças como o mal de Alzheimer e outras demências.
Segue a notícia publicada no New York Times:

Beber com moderação reduz risco de demências, diz estudo

02 de setembro de 2009 • 15h57

Pessoas acima de 60 anos que consomem quantidades moderadas de álcool têm um risco reduzido de ter mal de Alzheimer e outras demências, segundo uma ampla avaliação de estudos. A análise, que apareceu na edição de julho do American Journal of Geriatric Psychiatry, avaliou 15 estudos que, juntos, acompanharam mais de 28 mil pacientes durante pelo menos dois anos.
Todos os estudos tiveram controle de idade, sexo, fumo e outros fatores. Os estudos definiram o consumo leve a moderado de bebida de formas variadas, entre um e 28 drinques por semana. Em comparação a abstêmios, consumidores de bebida do sexo masculino reduziram seu risco de demência em 45% e as mulheres em 27%.
Os pesquisadores reconhecem que estudar os efeitos do álcool em relação à demência é complicado por fatores como o tipo de bebida, padrões de quantidade e comportamento individual, que podem interagir com o álcool para afetar a acuidade mental. Mas existe evidência ampla de outros estudos que mostram que o consumo moderado de álcool pode aumentar o HDL, ou "colesterol bom", melhorar o fluxo sanguíneo ao cérebro e reduzir a coagulação do sangue. Todos os três fatores podem reduzir o risco de demência.
Mesmo assim, os autores alertam que não se devem tirar conclusões prematuras. "A segurança geral do consumo de álcool na velhice", eles escrevem, "precisa ser avaliada em relação a todas as evidências disponíveis" sobre seus efeitos para a saúde.
Com a publicação deste estudo, o Blog não tem a intenção de incentivar o uso de bebidas alcólicas, mas desmistificar a idéia de que beber em qualquer quantidade faz mal em qualquer hipótese, acho que fortalece as relações sociais, claro que com moderação e sempre lembrando: " Se estiver bebado vá para casa de táxi"

Nenhum comentário:

Postar um comentário