quarta-feira, 22 de julho de 2009

Preparem-se: Fim de semana gelado



Fotos tiradas ontem na Argentina, onde o frio superou todas as modernas medições, nevou em locais onde nunca havia nevado e foram registradas temperaturas de até -18°C.

Como podemos observar ao analisar os dados de medição de temperatura, os invernos estão cada vez mais rigorosos em todo planeta. Em nosso estado não é diferente, este ano, até agora, temos o inverno que apresenta as médias de temperatura mais baixas dos últimos dezesseis anos.

Mas o frio que vem por ai, nesta semana, se confirmadas as previsões, não tem precedentes nos registros recentes.

O ar gelado vai invadir o Sul do Brasil e com muita força. Os modelos indicam de -5ºC a -7ºC, na região sul, o frio será por demais intenso. A temperatura já começaria a despencar no Sul gaúcho no final da quarta-feira, tomando conta do Estado o ar polar na quinta, quando a sensação térmica seria muito baixa por efeito do vento com rajadas fortes a ocasionalmente intensas, particularmente no Sul e no Leste do Rio Grande do Sul. No final da quinta-feira, antes mesmo da chegada da madrugada, já podem ser registrados valores de temperatura em superfície perto de 0ºC em muitos locais do Estado, até na Grande Porto Alegre. As máximas da quinta e, em particular, da sexta devem ser muito baixas, inferiores a 10ºC em um grande número de municípios. Em Porto Alegre, na sexta, pode ficar apenas ao redor de 10ºC, mesmo com a presença do sol.

As madrugadas de sexta, sábado e do próximo domingo serão gélidas no Rio Grande do Sul com marcas negativas generalizadas e que poderão ser registradas até em Porto Alegre e no Litoral, onde raramente a temperatura cai abaixo de zero. Na Grande Porto Alegre, com base nos mais recentes dados, poderiam ser registrados valores entre -2ºC e -4ºC em alguns pontos. Marcas de -3ºC a –5ºC, significativas até para a Serra, poderiam ser registradas na fronteira com o Uruguai, o que estaria perto de mínimas históricas. Nos Aparados, sobretudo em áreas de baixadas, não podem ser descartadas marcas de -4ºC a -6ºC, ou menores.

Fontes: As previsões foram extraídas do site da METSUL e confirmadas no INFOTEMPO da UOL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário