segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Em Tempos de Aquecimento Global: 22 morrem de frio na Europa

Nevascas deixam pelo menos 22 mortos na Europa



As tormentas de neve e as temperaturas abaixo de zero castigam a Europa neste início de inverno, causando pelo menos 22 mortes e interrompendo aeroportos. O frio mais devastador atingiu a Polônia, onde 15 pessoas morreram congeladas entre sábado e domingo devido à queda das temperaturas, que registraram 20 graus abaixo de zero. A polícia pediu, neste domingo, que a população polonesa alerte as autoridades quando encontrar indigentes pelas ruas para reduzir o número de mortos pelas baixas temperaturas

Na Áustria, duas pessoas morreram de frio enquanto tentavam retornar para suas casas durante a noite. Ambas foram encontradas na província de Styria, no sul do país. As autoridades francesas da aviação civil cancelaram, na tarde deste domingo, cerca de 40% dos voos que sairiam dos aeroportos Charles de Gaulle e Orly de Paris. Na Grã-Bretanha, o aeroporto de Manchester fechou a pista para a limpeza da neve.

Na Alemanha, as intensas nevascas, acompanhadas de temperaturas que em alguns pontos chegaram a 30 graus abaixo de zero, provocaram colapsos no tráfego aéreo e cinco mortes em acidentes nas estradas. O aeroporto de Düsseldorf fechou completamente durante algumas horas. No aeroporto de Frankfurt, o maior do país, houve vários cancelamentos e atrasos, uma situação que ocorre desde sexta-feira.

Fonte: Zero Hora

Nenhum comentário:

Postar um comentário