terça-feira, 27 de abril de 2010

RS:Maior chuva do planeta na última semana




Não que essa informação seja grande coisa, em algum lugar do planeta, vai ser o lugar que mais choveu em uma semana.

Desta vez sobrou para nós.

Jornal NH, baseado em dados da METSUL:


Notícias /Geral

Clima terça-feira, 27 de abril de 2010 - 09h13

Madrugadas geladas após maior chuva no planeta dos últimos sete dias
Segundo a Metsul, no Estado, o acumulado de uma semana chegou a 363,5 milímetros

Porto Alegre - Todo mundo há de convir, caiu muita chuva nos útlimos dias. Entre 9 horas de domingo e 9 horas de segunda-feira choveu 133 milímetros na estação da Epagri em Chapecó, o que segundo o observador Francisco Schervinski é recorde, superando a marca anterior de 112 milímetros do dia 7 de julho de 1983. Em José Boiteux, até a tarde de ontem, a precipitação acumulada em menos de uma semana chegava a 396,6 milímetros, virtualmente 400 milímetros. Uma significativa parte das estações em Santa Catarina tinha acumulados entre 200 e 400 milímetros. No Paraná, no mesmo período, Pato Branco acumulou 360 milímetros e Palmas 321, de acordo com o Simepar.


Esse fato climático só vem a provar que a quantidade de chuva não é o principal fator para ocorrência de enchentes, principalmente nas grandes cidades, pois estas enchem rapidamente.

As enchentes estão muito mais relacionadas ao lixo acumulado em bueiros, a retirada da cobertura vegetal dos morros que contornam os centros urbanos, ao assoreamento dos rios que cortam as cidades.



Imagine se essa manchete dizendo que ocorreu a maior chuva do planeta fosse no Rio de Janeiro. Estaria tudo em baixo d'agua e não faltariam ecologistas responsabilizando o aquecimento global.

Aqui não ocorreu enchentes tão graves, devido ao nosso relevo, mas se a chuva insistisse mais uma semana, começariam a transbordar nossos assoreados rios.

Eventos climáticos como esse deveriam ser mais estudados, para evitar as enchentes nas cidades grandes, mas culpar o aquecimento global e as mudanças climáticas é mais fácil do que fazer os investimentos necessários para evitar tragédias como a que se abateu sobre o Rio de Janeiro no mês passado.

Obrigado ao amigo Stanis pela dica.

2 comentários:

  1. Foi como eu disse... POA não é tão mal planejada como SP e RJ.. praticamente o mesmo tanto de chuva que cai la cai aqui... e nos nao sentimos praticamente nada... e dalhe saneamento basico

    ResponderExcluir