sexta-feira, 27 de agosto de 2010

A morte da Jubarte em Capão




Infelizmente não surtiram efeito os esforços para salvar a baleia que encalhou aqui em Capão da Canoa no final de semana passado.


Logo após minha saída do local escutei o boletim: foi confirmada no final da tarde desta quinta-feira a morte da baleia jubarte, que encalhou na praia de Capão Novo, no litoral norte gaúcho. As amarras que prendiam o animal do animal foram retiradas.


O corpo será puxado até um ponto na areia para coleta de material.





Ontem estive lá presenciando as tentativas de levá-la para alto-mar, mas o animal já estava muito debilitado e quase não apresentava mais movimento.

Segundo o site ZH:

Biólogos do Ceclimar e profissionais do Instituto Baleia jubarte realizam a necropsia no corpo da baleia jubarte, que morreu encalhada na praia de Capão Novo. O animal foi retirado do mar e levado para beira da praia com o auxílio de cinco escavadeiras da prefeitura. A análise deve durar o dia todo e pode, inclusive, continuar neste sábado. A necropsia deverá ajudar a identificar a causa da morte e o motivo que fez com que a jubarte ficasse presa nesse ponto do litoral gaúcho. Todo o esqueleto da baleia será coletado e preservado. O restante da carcaça será transportados por caminhões e enterrado em um local adequado, para evitar contaminações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário