sexta-feira, 12 de março de 2010

Reflexões sobre o ensino da Biologia

A Biologia é recheada de nomes complexos, regras e conceitos. Se o aluno, apenas memorizar, repetir nomes e regras, perde-se o fundamento do ensino da ciência, que requer: observação, investigação, experimentação, para então, se estabelecer os conceitos.

Um dos temas mais divulgados pela mídia atualmente, é o aquecimento global, portanto, temos farto material de pesquisa. É dever do professor levá-los ao questionamento, através do contraponto.

Que devemos cuidar do meio ambiente é fato, mas será que todos os desastres climáticos tem como causa o aquecimento global? Será que realmente chove mais hoje em dia? ou a mesma chuva tem consequencias mais graves? será que realmente está mais quente? Talvez as enchentes sejam provocadas por lixo acumulado nos bueiros, talvez os rios estejam assoreados, represando as águas e também talvez seja mais fácil colocar a culpa no bode espiatório: " O Aquecimento Global", ao invés de se fazer os invetimentos necessários, ou ou acabar com a corrupção dos órgãos fiscalizadores do Meio Ambiente, que deixam os donos do poder económico poluir a vontade. Devemos instigar estes questionamentos para que cada um tire suas próprias conclusões, sempre norteadas pela ideia da defesa do Meio Ambiente.

Outro tema muito debatido é a utilização ou não de células -tronco, na medicina. O que nos remete ao tema: ética, propondo simulações teatrais com mesas de debate entre os alunos, que terão que pesquisar sobre o tema para defender suas opiniões.

- Que biologia interessa aos alunos de hoje?
Assuntos como gravidez na adolecência, sexualidade, o corpo e com ele: gordura, cor, velhice... e por ai trazer o debate sobre preconceitos.

Realmente, ... ao fazer essas análises, penso que não podemos perder tanto tempo exigindo que o aluno decore nomenclaturas e fórmulas, ele não tem que saber prioritariamente o nome da bactéria, mas sim as doenças que ela causa, como evitar ou, se for o caso, os benefícios que ela traz.

A biologia é uma disciplina que permite o debate de tantos temas atuais, que interessam aos jovens. A percepção desse fato não permite ao professor ficar preso a conteúdos e nomenclaturas, sob pena de tornar sua aula um momento de tédio.

2 comentários:

  1. Perfeito Beto, é isso mesmo!
    E penso qui isso vale para todas as disciplinas. O que adianta um jovem decorar a fórmula de baskara sem saber para que ela serve e tornar-se um adulto que não sabe nem ao menos cálcular os juros de um prestação?
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Perfeito Beto, é isso mesmo!
    E penso que isso vale para todas as disciplinas. O que adianta um jovem decorar a fórmula de baskara sem saber para que ela serve e tornar-se um adulto que não sabe nem ao menos cálcular os juros de um prestação?
    Grande abraço

    ResponderExcluir