terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Calor e Futebol



O juiz do trabalho Rafael da Silva Marques tomou uma decisão, no qual determina que aqui no Rio Grande do Sul só se pode jogar futebol após as 18h, isso se a temperatura não for superior a 30º, neste caso o jogo terá que ser transferido para as 19:30h.






O responsável pela medição da temperatura, pasmem, é o juiz. Quer dizer, estádio lotado 18h, o juiz puxa um termômetro do bolso e comunica a torcida que o jogo foi adiado para as 19:30h.

Espero que essa palhaçada seja revogada logo.

Por vários motivos:

- Nós as vezes, mesmo já passados dos 40, jogamos futebol na praia, com altas temperaturas e sobrevivemos para tomar uma brahma após o jogo. Imaginem atletas preparados, com nutricionista e toda preparação física e médica possível. Só o fato de serem atletas já prevê esforços acima de uma pessoa normal, se não podem jogar com altas temperaturas, devem, quem sabe trabalhar numa obra ou se dedicar a micro cirurgia cerebral, talvez.

- Ter um ataque cardíaco? Que eu saiba o frio é mais perigoso que o calor, podemos ter um ataque fazendo sexo, ou talvez se dirigindo a igreja para casar, como ocorreu essa semana em Santa Maria com um jovem de 30 anos.

- Esse juiz, se está tão preocupado com os coitadinhos dos atletas, deveria também proibir os operários de trabalharem em obras com mais de 35º ou antes das 18h, os trabalhadores que asfaltam ruas, trabalham em frente a fornos de fundição com mais de 1000º, na roça capinando de baixo do sol. Vamos parar de frescura.

- E o campeonato da segunda divisão, que já foi suspenso devido a esta determinação, pois quase nenhum estádio tem iluminação. Se os clubes quebrarem, os jogadores não vão morrer de calor, mas os filhos deles vão morrer de fome.

- Olimpíadas como as dos Estados Unidos, que ocorreram em Los Angeles a 40º deverão ser suspensas e todas as medalhas devolvidas, inclusive a taça do Tetra que ganhamos a 40º nos EUA em 94.

- Além disso, quem não sabe que o calorão da semana passada foi um fato isolado, que não deverá se repetir tão cedo. Ai ficam proibidos os jogos antes das 18h, quebrando uma tradição do futebol de domingo a tarde.

- Na Bahia o campeonato é patrocinado pela rede Record que exige que os jogos sejam as 16h e até agora ninguém morreu e os Baianos é que são considerados preguiçosos e nós somos os machos. Bom, deve ser porque na Bahia é bem mais frio do que aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário